sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

A tecnologia salvará o mundo?


De acordo com Downes e Mui esta é a "Lei da Ruptura" que sustenta que " os sistemas econômicos,políticos e (sociais ociosos) se modificam de forma incremental, enquanto a tecnologia muda de forma exponencial".



fonte: a vida social da informação, 2001.

sábado, 24 de janeiro de 2009

Lobão ao quadrado



Sempre que ouvia falar "vai ter show do Lobão" eu pensava... "esse Lobão vem muito aqui, ele não é um apresentador da MTV? Tem tempo pra isso?

Hoje, finalmente, eu falei isso. E eis que me explicam.
O Lobão da banda Cheiro de calcinha é um Lobão, o da MTV é outro.

A primeira foto é do cantor conhecido nacionalmente, já a segunda é do alagoano.

Confundíveis?

É. "Vivendo e aprendendo"



Obs: "vivendo e aprendendo" é um quadro da rádio educativa.

sexta-feira, 23 de janeiro de 2009

Quente demais!



Temperatura máxima: 32 graus
Sensação? A foto acima descreve bem.

segunda-feira, 19 de janeiro de 2009

Inhoque nhoc nhoc nhoc

Nhoc nhoc nhoc nhoc
Cozinhei inhoque.
ô nome estranho, me lembra imediatamente de Inhonho do Chaves.

Enfim, no último domingo resolvi fazer inhoque. Afinal domingo é o dia em que as famílias fazem essas receitas não usuais. Escolhi o jantar porque para fazer almoço se tem que acordar cedo, além de ser quente demais.

A base para o inhoque é a batata inglesa, que comprei as seis em ponto (pareceu até mandinga).
Seis e meia, botei as inteiras batatas no fogo. Depois cortei de ser avisada do erro, cortei as batatas em fatias, afinal, iam esmagadas mesmo. O erro: pra que botar as batatas interinas se elas iam virar purê?

Ok. Batatas cozinhas, esmagadas e os outros ingredientes adicionados. Só faltava botar a farinha de trigo para "dar a liga".

Peguei a receita no site da Ana Maria. Coisa mais dona de casa!xD

1 1/2 quilo de batatas cozidas
-150g de amido de milho
-2 ovos
-sal a gosto
-farinha de trigo para dar o ponto

No fim do modo de fazer tinha a frase: " Usar pouca farinha."
Foi aí que a receita empacou por uma hora e meia.
Depois de umas duas xícaras de farinha para três batatas ( somente três, porque a medida da receita é para
batalhão, não para famílias),estava me perguntando o que é muita farinha para eles?

Não desisti porque, sem querer, derrubei farinha no projeto de inhoque e ele finalmente "deu a liga". \o/
Depois da saga da liga é fácil, é só enrrolar, cortar em pedacinhos e botar pra ferver em água.

Vale lembrar que inhoque originalmente não tem gosto e o que faz ele ter algum sabor viável é o molho de
tomate. Nesse sim, eu desisti. Errei a quantidade de tomates. Ficou pouco molho pra muito inhoque.
Me salvaram com um molho pronto, que misturaram o que eu fiz.

Depois de horas, finalmente ele ficou apresentável. Eu só dizia "Nunca... jamais... fazer inhoque na vida"

Se ficou bom? Ótimo!
O gosto e o fato de eu agpra saber que ele leva muita farinha me fez rever meu "nunca, jamais".


Obs: "Nunca, jamais" é uma expressão muita usada pela banda MANÁ - é mexicana como deixa
trasnparecer pelo passionalismo.







quinta-feira, 15 de janeiro de 2009

O começo da triologia = )

video

Era uma vez, numa noite que não tinha muito o que fazer...

video

quarta-feira, 14 de janeiro de 2009

Em algum dia do ano passado...

video


\o/

domingo, 4 de janeiro de 2009

Sossego ou quase.






Onde eu estava nos últimos dias...
A foto não é das melhores.
O interessante é achar as casinhas no meio desse coqueiral.